Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
patty589317750475

Concurso TRT SP: PROVAS Serão Aplicadas Em Julho

Lato Sensu, Stricto Sensu Ou MBA?


O brasileiro é racista e Portugal: Imóveis Ganham Quarto De Empregada Para Agradar Brasileiros . Políticos corruptos se mantêm no poder pelo motivo de o eleitor é ignorante. Quem recebe Bolsa Família é conivente com o governo. ONGs são um ralo de dinheiro público no Brasil. A julgar pelos estudos de duas jovens pesquisadoras brasileiras em ciência política, não.


Natália Bueno e Nara Pavão, ambas de trinta e dois anos, se notabilizam no meio acadêmico no exterior com pesquisas robustas que desmistificam chavões da política brasileira que alimentam debates em mídias sociais e conversas de botequim. Natural de Lindo Horizonte (MG), Natália faz doutorado em Yale (EUA), uma das principais universidades do mundo.



  • Obrigação de um novo perfil profissional ainda mais qualificado

  • 17/04 - Onde a Terra Acaba (Direção: Sergio Machado, Brasil, 2001, 75 minutos)

  • Possibilidade uma fundação pensando em diferentes escolhas

  • 4/10 (Ken Funakoshi/Flickr/Creative Commons)

  • sete Professores ilustres



Em pouco mais de 8 anos de carreira, acumula 13 distinções acadêmicas, entre prêmios e bolsas. A pernambucana Nara é pesquisadora de pós-doutorado pela Instituição Vanderbilt (Estados unidos). Soma um doutorado (Notre Dame, Estados unidos), 2 mestrados em ciência política (Notre Dame e USP), dezesseis distinções. Em comum, além da amizade e da paixão pela ciência política, está o interesse das duas em ir a limpo "verdades absolutas" a respeito corrupção, jeito do eleitor e políticas públicas no Brasil. O Brasil é um estado de desigualdades raciais - no mercado de serviço, no acesso à educação e à saúde.


Atraída pelo cenário desde a graduação, Natália Bueno verificou se isto acontece assim como na representação política. O primeiro passo foi constatar o que o senso comum de imediato sugeria: há, TOEFL Ou IELTS? , mais brancos eleitos do que na população, e os negros são subrepresentados. E como a diferença foi mínima pela comparação entre população e o grupo dos candidatos que não se elegeram, a conclusão mais rasteira seria: o brasileiro é racista e privilegia brancos ao votar.


Para tentar apurar essa pergunta de forma científica, Natália criou um megaexperimento em parceria com Thad Dunning, da Faculdade da Califórnia (Berkeley). Selecionou oito atores (quatro brancos e quatro negros), que gravaram um trecho parelho ao horário eleitoral. Expôs 1.200 pessoas a estas mensagens, que só variavam no quesito raça. Resultado: candidatos brancos não tiveram melhor avaliação nem sequer respondentes privilegiaram concorrentes da própria raça nas escolhas.


Mas se a discrepância entre população e eleitos é Metodologias Ativas E Outras Tecnologias Contribuem Com A Inovação Pela Aprendizagem , onde está a resposta? No dinheiro, concluiu Natália - ela descobriu que candidatos brancos são mais ricos e recebem fatia superior da verba pública distribuída por partidos e bem como das doações privadas. 650 mil a mais em patrimônio pessoal do que os perdedores.


369 1 mil a mais em contribuições de campanha do que não brancos. Corruptos estão no poder por que o eleitor é ignorante? A corrupção é um cenário central no debate político atual no Brasil. E se tantos brasileiros percebem a corrupção como defeito (98% da população pensa deste modo, segundo procura de 2014), em razão de tantos políticos corruptos continuam no poder?


Muitos estudos agora mostraram que a inexistência de detalhes política é comum entre a população, e que o eleitor costuma fazer uma troca: ignora a corrupção no momento em que, como por exemplo, a economia vai bem. Decorrência: o principal fator que torna os eleitores brasileiros tolerantes à corrupção é a crença de que a corrupção é generalizada.



Nara, para quem o Brasil está preso numa espécie de arapuca da corrupção: quão superior é a compreensão da dificuldade, menos as eleições servem pra resolvê-lo. Quem recebe Bolsa Família não critica o governo? O programa Bolsa Família beneficia quase cinquenta milhões de pessoas e é uma das principais bandeiras das gestões do PT no Planalto.


Get rid of the ads (sfw)

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl